Effects of nitrate deficiency on nitrate assimilation and chlorophyll synthesis of detached apple leaves

  • Binbin Wen
  • Chen Li
  • Xiling Fu
  • Dongmei Li
  • Ling Li
  • Xiude Chen
  • Hongyu Wu
  • Xiaowen Cui
  • Xinhao Zhang
  • Hongyan Shen
  • Wenqian Zhang
  • Wei Xiao
  • Dongsheng Gao
2019 - Plant Physiology and Biochemistry
Palavras-chave: Folha de maçã, nitrato, expressão genética, enzimas de assimilação, clorofila
Termos de indexação: Morfologia celular, deficiência de nitrogênio, metabolismo
 

Resumo

O nitrogênio é um dos nutrientes mais importantes para o crescimento e desenvolvimento das plantas. O nitrato (NO3-N) é a principal forma de nitrogênio absorvido pelas plantas. Compreender os efeitos do NO3-N exógeno no metabolismo de nitrogênio na expressão gênica e nos níveis de atividade enzimática durante a assimilação de nitrogênio e síntese de clorofila é importante para aumentar a eficiência de utilização de nitrogênio. Neste estudo, foram investigadas a morfologia celular, as taxas de absorção de NO3 -N, a expressão de genes-chave relacionados à assimilação de nitrogênio e síntese de clorofila e atividade enzimática em folhas de maçã sob deficiência de NO3 -N. Os resultados mostraram que a morfologia celular das folhas de maçã foi irreversivelmente deformada devido à deficiência de NO3-N. A absorção de NO3-N foi absorvido ligeiramente um dia após o tratamento com deficiência de NO3-N, e foi posteriormente liberada após 3 dias. A expressão relativa de genes que codificam enzimas de assimilação de nitrogênio e a atividade dessas enzimas diminuiu significativamente após 1 dia de tratamento com deficiência de NO3-N. Após o tratamento por 14 dias, a expressão gênica foi regulada, a atividade enzimática foi aumentada e o conteúdo de NO3-N foi aumentado. A deficiência de NO3-N impediu a conversão do ácido 5-aminobilínico (ALA) em porfoblinogênio (PBG), indicando uma via potencial através da qual os níveis de NO3-N impactam a síntese de clorofila. Em geral, os resultados indicam que uma deficiência de NO3-N tem um efeito significativo na atividade enzimática, modificando a expressão de genes vitais envolvidos na via de assimilação de nitrogênio, prejudicando assim a absorção e utilização de NO3-N. A ausência de NO3-N afeta negativamente a produção de PBG, um precursor crucial para a clorofila, impedindo consequentemente a síntese de clorofila.

 

Abstract

Nitrogen is one of the most important nutrients for plant growth and development. Nitrate nitrogen (NO3-N) is the main form of nitrogen taken up by plants. Understanding the effects of exogenous NO3-N on nitrogen metabolism at the gene expression and enzyme activity levels during nitrogen assimilation and chlorophyll synthesis is important for increasing nitrogen utilization efficiency. In this study, cell morphology, NO3-N uptake rates, the expression of key genes related to nitrogen assimilation and chlorophyll synthesis and enzyme activity in apple leaves under NO3-N deficiency were investigated. The results showed that the cell morphology of apple leaves was irreversibly deformed due to NO3-N deficiency. NO3-N was absorbed slightly one day after NO3-N deficiency treatment and effluxed after 3 days. The relative expression of genes encoding nitrogen assimilation enzymes and the activity of such enzymes decreased significantly after 1 day of NO3-N deficiency treatment. After treatment for 14 days, gene expression was upregulated, enzyme activity was increased, and NO3-N content was increased. NO3-N deficiency hindered the transformation of 5-aminobilinic acid (ALA) to porphobilinogen (PBG), suggesting a possible route by which NO3-N levels affect chlorophyll synthesis. Collectively, the results indicate that NO3-N deficiency affects enzyme activity by altering the expression of key genes in the nitrogen assimilation pathway, thereby suppressing NO3-N absorption and assimilation. NO3-N deficiency inhibits the synthesis of the chlorophyll precursor PBG, thereby hindering chlorophyll synthesis.

Acessar artigo Copiar link

Artigos relacionados

Effects of Different Nitrogen Fertilization Rates and Foliar Application of Humic Acid, Fulvic Acid and Tryptophan on Growth, Productivity and Chemical Composition of Common Bean Plants (Phaseolus vulgaris L.)

  • Hasaan A. Elkhatib
  • Said M. Gabr
  • Alaa H. Roshdy
  • Radi S. Kasi
O estudo visava analisar os efeitos principais de quatro níveis de fertilizantes nitrogenados e três tratamentos estimulantes diferentes (ácido húmico, ácido fúlvico e triptofano) nas características de crescimento, teores de clorofila, N, P e K, rendimento e componentes da produção de feijão comum cv. Nebraska. Os resultados indicaram que a aplicação de N mineral aumentou significativamente todos os parâmetros estudados. O tratamento com triptofano mostrou os melhores resultados em relação aos parâmetros de crescimento, minerais e rendimento.
feijão comum, adubação nitrogenada, ácido húmico, ácido fúlvico, triptofano
Ler

RESPONSE OF HUMIC ACID THROUGH VERMICOMPOST WASH AND NAA ON CHEMICAL, BIOCHEMICAL, YIELD AND YIELD CONTRIBUTING PARAMETERS OF SESAMUM

  • R. D. Deotale
  • V. A. Guddhe
  • S. R. Kamdi
  • Shanti R. Patil
  • Vandana S. Madke
  • Sapana B. Baviskar
  • M. P. Meshram
Este estudo apresenta os resultados de um experimento realizado entre 2017 e 2018 que investigou os efeitos da aplicação foliar de ácido húmico por meio de lavagem de vermicomposto e NAA (ácido naftalenoacético) nos parâmetros químicos, bioquímicos e de rendimento de gergelim. Os resultados indicam que a fertilização foliar com essa combinação pode ser uma estratégia eficaz para aumentar a produção de gergelim.
Gergelim, lavagem de vermicomposto, NAA (ácido naftalenoacético), química, parâmetros bioquímicos, rendimento
Ler

Biostimulant enhances growth and corm production of saffron (Crocus sativus L.) in non-traditional areas of North western Himalayas

  • Neha Chaudhary
  • Deepak Kothari
  • Swati Walia
  • Arup Ghosh
  • Pradipkumar Vaghela
  • Rakesh Kumar
Este estudo avaliou o efeito do extrato de algas marinhas na produção de cormos de açafrão (Crocus sativus L.) através de diferentes modos de aplicação. Os resultados mostraram que a aplicação do extrato de algas marinhas resultou em parâmetros de crescimento significativamente maiores, bem como em uma produção de cormos mais elevada. Além disso, os parâmetros bioquímicos como clorofila, carotenoides e taxa fotossintética foram aumentados com a aplicação do extrato de algas marinhas, indicando seu potencial como alternativa viável aos fertilizantes convencionais.
Crocus sativus, extrato de algas marinhas, crescimento, bioquímico, nutrientes, produção de cormos
Ler