Effect of seaweed saps on growth, yield, nutrient uptake and economic improvement of maize (sweet corn)

  • Ashok Pal
  • Sanjay Kumar Dwivedi
  • Pradip Kumar Maurya
  • Poolchand Kanwar
2015 - Journal of Applied and Natural Science
Palavras-chave: Gracilaria, Kappaphycus, rendimento de espigas de milho, absorção de nutrientes, extrato de algas marinhas
Termos de indexação: Viabilidade econômica, retorno líquido, relação Benefício-Custo, aplicação foliar, experimento de campo
 

Resumo

Um estudo experimental foi conduzido durante a temporada Rabi (inverno) de 2012-13 na Fazenda de Instrução de Pesquisa Cum de Indira Gandhi Krishi Vishwavidyalaya, Raipur (Chhattisgarh) para estudar os efeitos dos extratos de algas marinhas no crescimento, rendimento, absorção de nutrientes e aspectos econômicos do milho (milho doce) em solo Matasi (arenoso) de Chhattisgarh. A aplicação  foliar utilizando extratos de algas de duas espécies diferentes (Kappaphycus e Gracilaria), foi realizada três vezes em diferentes concentrações (0, 2,5, 5,0, 7,5, 10,0 e 15% v/v) ao longo do ciclo da cultura. As aplicações foliares do extrato de algas aumentaram significativamente os parâmetros de crescimento, rendimento, absorção de nutrientes e relação Benefício:Custo (B:C). Entre os tratamentos, a combinação de 15% de Extrato Gracilaria (G Sap)  + dose recomendada de fertilizante (DRF) demonstrou o maior rendimento de espiga verde (189,97 q ha-1) e de forragem (345,19 q ha-1), o que apresentou similaridade significativa com o tratamento envolvendo 15% de Extrato Kappaphycus (K Sap) + DRF (185,24 q ha-1) especificamente em termos de rendimento de espiga verde. A maior absorção de N, P e K por espiga verde e forragem foi observada sob 15% G Sap + DRF (T8). O tratamento 15% G Sap + DRF (T8), registrou retorno bruto máximo (Rs. 2,07,230 ha-1), retorno líquido (Rs. 1,38,756 ha-1) e relação B:C (2,0), que foi seguido pelo tratamento 15% K Sap + DRF (T4) com retorno líquido (1,33,199 ha-1) e relação B:C (1,95). O tratamento 15% G Sap + DRF (T8) proporcionou Rs. 45.996 ha-1 a mais em relação ao spray de água + DRF (T9).

 

Abstract

A field experiment was conducted during the rabi season of 2012-13 at Research cum Instructional Farm of Indira Gandhi Krishi Vishwavidyalaya, Raipur (Chhattisgarh) to study the effects of seaweed saps on growth, yield, nutrient uptake and economic of maize (sweet corn) in Matasi soil of Chhattisgarh. The foliar spray of two different species (namely Kappaphycus and Gracilaria) was applied thrice at different interval of crop with different concentrations (0, 2.5, 5.0, 7.5, 10.0 and 15% v/v) of seaweed extracts. Foliar applications of seaweed extract significantly enhanced the growth, yield, nutrient uptake and B:C ratio parameters. The green cob yield (189.97 q ha-1) and fodder yield (345.19 q ha-1) were recorded highest under treatment (T8) 15% G Sap + recommended dose of fertilizer (RDF) which was significant similar with treatment 15% K Sap + RDF (185.24 q ha-1) in case of green cob yield. The highest N, P and K uptake by green cob and fodder were observed under 15% G Sap + RDF (T8). Treatment 15% G Sap + RDF (T8), recorded maximum gross return (Rs. 2,07,230 ha-1), net return (Rs. 1,38,756 ha-1) and B:C ratio (2.0), which was followed by treatment 15% K Sap + RDF (T4) with net return (Rs. 1,33,199 ha-1) and B:C ratio (1.95). Treatment 15% G Sap + RDF (T8) gave Rs. 45,996 ha-1 more as compared to Water spray + RDF (T9).

Acessar artigo Copiar link

Artigos relacionados

Effects of Different Nitrogen Fertilization Rates and Foliar Application of Humic Acid, Fulvic Acid and Tryptophan on Growth, Productivity and Chemical Composition of Common Bean Plants (Phaseolus vulgaris L.)

  • Hasaan A. Elkhatib
  • Said M. Gabr
  • Alaa H. Roshdy
  • Radi S. Kasi
O estudo visava analisar os efeitos principais de quatro níveis de fertilizantes nitrogenados e três tratamentos estimulantes diferentes (ácido húmico, ácido fúlvico e triptofano) nas características de crescimento, teores de clorofila, N, P e K, rendimento e componentes da produção de feijão comum cv. Nebraska. Os resultados indicaram que a aplicação de N mineral aumentou significativamente todos os parâmetros estudados. O tratamento com triptofano mostrou os melhores resultados em relação aos parâmetros de crescimento, minerais e rendimento.
feijão comum, adubação nitrogenada, ácido húmico, ácido fúlvico, triptofano
Ler

RESPONSE OF HUMIC ACID THROUGH VERMICOMPOST WASH AND NAA ON CHEMICAL, BIOCHEMICAL, YIELD AND YIELD CONTRIBUTING PARAMETERS OF SESAMUM

  • R. D. Deotale
  • V. A. Guddhe
  • S. R. Kamdi
  • Shanti R. Patil
  • Vandana S. Madke
  • Sapana B. Baviskar
  • M. P. Meshram
Este estudo apresenta os resultados de um experimento realizado entre 2017 e 2018 que investigou os efeitos da aplicação foliar de ácido húmico por meio de lavagem de vermicomposto e NAA (ácido naftalenoacético) nos parâmetros químicos, bioquímicos e de rendimento de gergelim. Os resultados indicam que a fertilização foliar com essa combinação pode ser uma estratégia eficaz para aumentar a produção de gergelim.
Gergelim, lavagem de vermicomposto, NAA (ácido naftalenoacético), química, parâmetros bioquímicos, rendimento
Ler

Biostimulant enhances growth and corm production of saffron (Crocus sativus L.) in non-traditional areas of North western Himalayas

  • Neha Chaudhary
  • Deepak Kothari
  • Swati Walia
  • Arup Ghosh
  • Pradipkumar Vaghela
  • Rakesh Kumar
Este estudo avaliou o efeito do extrato de algas marinhas na produção de cormos de açafrão (Crocus sativus L.) através de diferentes modos de aplicação. Os resultados mostraram que a aplicação do extrato de algas marinhas resultou em parâmetros de crescimento significativamente maiores, bem como em uma produção de cormos mais elevada. Além disso, os parâmetros bioquímicos como clorofila, carotenoides e taxa fotossintética foram aumentados com a aplicação do extrato de algas marinhas, indicando seu potencial como alternativa viável aos fertilizantes convencionais.
Crocus sativus, extrato de algas marinhas, crescimento, bioquímico, nutrientes, produção de cormos
Ler